fbpx
Twitter
Google plus
Facebook
Vimeo
Pinterest

Fluid Edge Themes

Blog

Home  /  Tecnologia   /  Inteligência comercial: entenda o que é e como aplicar na sua empresa
inteligencia comercial

Inteligência comercial: entenda o que é e como aplicar na sua empresa

Em 1990, no Brasil, foi colocado em prática um novo modelo de inteligência voltado para melhorar a administração de empresas. Em outras palavras, diante do crescimento da competitividade de mercado foi preciso adotar a inteligência comercial. Dessa maneira, é uma alternativa com estratégias para produzir informações e facilitar a tomada de decisões.

A inteligência comercial também tem a função de mapear e analisar os processos realizados pelo mercado altamente concorrido. Essa realidade viabiliza que a iniciativa privada acompanhe e verifique as operações comerciais e, consequentemente, possibilita a visualização antecipada de futuras mudanças. Portanto, essa ação evita que as metas traçadas sejam atingidas.

Em resumo, a inteligência comercial é uma ação legal e ética que coleta e analisa informações relacionadas à vulnerabilidade, capacidade e intenção de empresas concorrentes. Dessa forma, essa tática ajuda a companhia a tomar as decisões da melhor maneira para, efetivamente, alcançar os seus objetivos.

Nessa perspectiva, preparamos este post para que você saiba o que é inteligência comercial e como aplicar no seu negócio. Continue a leitura!

Qual a importância de investir em inteligência?

O aumento na competitividade das áreas do empreendedorismo exige que os gestores conheçam as tendências e as oportunidades para melhorar serviços e produtos da sua companhia. E como vivemos na era da informação, é necessário saber escolher as ferramentas disponíveis com o intuito de potencializar e melhorar as tomadas de decisões.

A inteligência comercial é uma alternativa fundamental para que as empresas visualizem corretamente as melhores opções para o seu desenvolvimento. Apesar de essa realidade ser um pouco trabalhosa, é relevante investir em inteligência comercial. Assim, isso permitirá à administração prever cenários com o objetivo de evitar prejuízos e se manter à frente da concorrência.

Quais os benefícios?

Nesse viés, chegamos ao momento de demonstrar os benefícios existentes na inteligência comercial para a gestão da sua companhia. Porém, antes de listar essas vantagens, é preciso ressaltar que cada empresa tem uma necessidade específica. Então, analise os processos da sua administração e veja o que é necessário para o efetivo crescimento da sua instituição.

Aumenta a eficiência das tomadas de decisões

Tomar decisões eficientes é fundamental para que uma companhia esteja bem diante de um mercado tão competitivo. E para desenvolver essa prática, certamente, será preciso conhecer todas as etapas dos processos internos e externos da instituição. Por exemplo, conhecer as dificuldades que os seus colaboradores enfrentam e o mercado em que a empresa atua.

É preciso que os gestores tenham mente aberta para encarar os obstáculos existentes no mundo dos negócios. E a melhor opção para que o administrador tenha conhecimento da realidade da sua companhia, sem dúvida, é investir em inteligência comercial. Essa tática auxilia os colaboradores a melhorar sua tomada de decisão.

Promove a fidelização de clientes

fidelização de clientes é um ótimo benefício para as companhias, pois com isso ela garante um número maior de vendas e ainda aumenta o poder de influência no mercado. Ademais, o cliente já convencido pode comprar novamente e também faz indicações espontâneas e constantes. Desse modo, os resultados da empresa crescem junto com a marca.

No entanto, ganhar a confiança de clientes não é tão fácil como pensamos. É necessário que a companhia tenha vários pontos positivos, como credibilidade, auxílio efetivo, produtos de qualidade, preços acessíveis, dentre outros. E uma das melhores alternativas para uma empresa chegar nesse nível de credibilidade é investindo em inteligência comercial.

Gera mais competitividade

Com a utilização da inteligência comercial, a competitividade da sua companhia ampliará, já que a visualização de possibilidades será melhor. Sendo assim, o seu modelo de planejamento, negócios e metas terá um melhor direcionamento. Por exemplo, as informações de mercados serão coletadas e, consequentemente, mostrarão todas as oportunidades de mercado.

Essa estratégia viabiliza uma visão geral do mercado onde as possibilidades serão identificadas, ou seja, a noção das tendências de mercado permite que o empreendimento evolua diante de um mercado concorrido. Então, adiantar as oportunidades de mercado, sem dúvida, permite que as empresas criem um planejamento melhor e saiam à frente da concorrência.

Facilita o conhecimento relevante de informações que impactam o planejamento

A programação dos objetivos pretendidos pelo empreendimento é extremamente importante para saber onde e como a companhia oferecerá seus serviços e produtos. Esse fato é um dos desafios que os gestores enfrentam, uma vez que a mudança frequente da realidade de um mercado competitivo impacta sobre o planejamento.

É necessária uma maleabilidade correta diante dessa instabilidade nos negócios. A partir dos erros da concorrência e do seu próprio empreendimento é possível inovar e implantar atitudes eficazes. Nesse quesito, a melhor forma de aplicar essa estratégia é conhecer a demanda dos consumidores e, assim, a sua empresa conseguirá se destacar com mais facilidade.

Proporciona o acompanhamento dos concorrentes

Conseguir fazer uma empresa se destacar no mercado atual é um dos grandes obstáculos que os gestores enfrentam. É preciso que ela adote novas práticas para conseguir se sobressair diante dos concorrentes. Antes é necessário determinar o motivo que a sua empresa precisa desse reforço.

Guia de Automação de vendas do Setor Atacadista DistribuidorPowered by Rock Convert

O gestor que conhece as dificuldades da sua instituição e dos seus colaboradores já pode buscar soluções objetivas, como a inteligência comercial. Essa definição viabiliza a identificação de quais informações serão necessárias ser coletadas dos concorrentes. Por meio da internet é possível estudar os concorrentes e, consequentemente, ficar à frente deles.

Em resumo, investir em inteligência comercial é muito importante para a sua companhia ficar à frente de seus concorrentes. Só que muitas empresas acabam estabelecendo rotinas em seu funcionamento que, certamente, continuam gerando lucro. No entanto, essa realidade não viabiliza um bom destaque, pois, geralmente, não há soluções de inteligência comercial.

A inteligência comercial, também conhecida como inteligência competitiva, é a melhor alternativa que possibilita uma companhia criar credibilidade e se destacar no mercado. O responsável pela administração precisa assumir a postura de buscar informações além das habilidades já existentes no cotidiano dos seus funcionários.

Assim, é necessário rever todos os processos da companhia mediante reuniões com todos os servidores de áreas distintas. Por exemplo, analisar os processos, otimizar o relacionamento entre os colaboradores e adotar novas práticas. Sem dúvida, essas atitudes melhorarão a gestão da sua companhia.

Qual a diferença entre inteligência comercial e competitiva?

O conceito de ambos os termos é um pouco parecido, porém é essencial que o empreendedor saiba a distinção.

Sendo que, na inteligência competitiva os dados obtidos são de alguma organização concorrente. Isto é, o gestor realizará uma avaliação a partir de uma empresa de mesma área, algo mais estratégico. Dessa maneira, a finalidade da inteligência competitiva, como o próprio nome já diz, é justamente elevar a competitiva do empreendimento por meio de dados verídicos e mensuráveis.

Então, é necessário destacar que a partir desse método os perigos são reduzidos por ser constituírem de ações com resultados em longo prazo. Entre as fases da inteligência competitiva, é preciso destacar:

  • planejamento: quando o negócio vai compreender o desafio e quais os métodos necessários para mudar o quadro da empresa;
  • coleta: nessa fase, o empreendimento vai coletar dados da concorrência para mudá-lo em informações coerentes com a finalidade de estabelecer ações e estratégias;
  • análise: a partir das informações alcançadas, a empresa tem como intuito avaliar os dados. Ou seja, é nessa hora que a inteligência será gerada;
  • disseminação: essa é a ultima etapa do ciclo, a inteligência será formalizada e apresentada de forma lógica com simples absorção.

Contudo, a diferença da inteligência comercial para é competitiva é muito simples. Pois, enquanto a segunda tem como propósito coletar dados da concorrência e evidencia o seu mesmo nicho de atuação para estabelecer estratégias e ações, a primeira focará na própria instituição.

Apesar de a concorrência ter certa relevância para a coleta de informações, é fundamental que o consumidor seja o principal objeto para aperfeiçoar os resultados da instituição. Assim, será possível compreender o comportamento do público para que a venda de serviços e produtos seja mais eficaz.

Logo, lembre-se que apesar de terem distintos significados, uma não elimina a outra. Sua empresa poderá investir nas duas estratégias para realizar os objetivos e metas desejadas.

Como estruturar um processo de inteligência artificial?

É importante saber como estruturar o processo de inteligência comercial dentro da empresa. Então, continue a leitura e confira!

Analise a concorrência

Para você conseguir se destacar da concorrência, é necessário conhecer exatamente suas ações. Assim, você será capaz definir a sua e fazer com que o seu marketing seja mais assertivo e eficiente.

Imagine que existam várias organizações que trabalham com o seu serviço ou produto. Você precisará realizar um plano sólido para que consiga se destacar da concorrência acirrada.

Utilize métricas e indicadores para avaliar a estratégia

Toda fase de negociação, jornada do consumidor e pesquisa de inteligência levantam uma elevada quantidade de dados que precisam ser analisados e combinados, adicionando o rigor da ciência de dados ao processo de definição de método.

Então, com a ajuda de um eficiente software de inteligência comercial, o empreendedor é capaz de combinar indicadores, estabelecendo o potencial de mercado conforme os dados obtidos. Com todas essas informações, serão realizados relatórios para facilitar o trabalho de todos os colaboradores da empresa. Dessa forma, o resultado do processo será um grau de identificação e refinamento dos leads e, assim, a empresa criará um processo de vendas ainda mais satisfatório.

Portanto, a inteligência comercial consiste em uma ótima estratégia para o crescimento empresarial. Logo, o empreendedor que deseja potencializar o seu desenvolvimento pode adotar essa estratégia e alcançar bons resultados.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro desse e outros importantes assuntos!

Melhor força de vendas.Powered by Rock Convert
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!